Villagres expande investindo na produção de grandes formatos – Revista Anamaco

Preparando-se para atender as demandas e tendências do setor, o Grupo Villagres, colocou em andamento projetos importantes. A empresa está ampliando sua unidade fabril, localizada em Santa Gertrudes (SP) e prevê o aumento da produção em 30%. O foco estará voltado ás linhas de porcelanato de grandes formatos, de até 108cm x 108cm, segundo o diretor Comercial da companhia, João Henrique B. Ferri.

As obras deverão ser finalizadas em 2020 e permitirão a fabricação de novas linhas dentro dos padrões estabelecidos pela legislação ambiental da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).  “Teremos mais competitividade para a produção de porcelanatos esmaltados retificados e esmaltados polidos retificados nas medidas até 120cm x 120cm”, afirma Ferri.

A empresa tem capacidade produtiva de 600 mil m² ao mês e expectativa de produção de 560 mil m² mensais. Serão cerca de 400 colaboradores, quadro que deverá ser ampliado entre 3% e 5% em 2020. De acordo com o executivo, o projeto permitirá elevar o faturamento e as vendas em 10% no mercado interno. Em 2018, a Villagres registrou crescimento de 8,5% atingido recorde de vendas. A empresa vem alcançando crescimento orgânico nos últimos quatro anos, e marca presença em cerca de mil lojas em todo o País.

Ferri explica que o projeto prevê o aumento da receita financeira e das vendas, atendendo ao mercado com um portfólio mais completo, embora a economia não esteja tão favorável. “O setor industrial tinha uma expectativa alta na retomada da economia, o que infelizmente não aconteceu. Ainda sim, estamos otimistas”, destaca.

Na sua avaliação, o mercado está retraído e o setor cerâmico sofreu forte inflação, influenciada pela tarifa do gás natural, que estava 55% maior em agosto em comparação a maio de 2018. “O gás é uma matéria muito importante para nosso segmento, pois representa 25% do custo de fabricação dos porcelanatos. Avalia o desempenho do setor como risco para novos investimentos, pois as taxas de juros e incentivos governamentais estão represando o desenvolvimento das empresas, impactando uma grande fatia da economia que representa o setor da construção civil”, observa.

Todas as linhas de porcelanatos serão distribuídas por meio do varejo de material de construção e também direcionadas à exportação. Atualmente, o portfólio da companhia soma cerca de 200 produtos. O grupo Villagres marca presença em diversos países, como Estados Unidos, Austrália, México, países do Mercosul e da América Central. “Queremos ampliar nossa atuação e fortalecer cada vez mais nosso posicionamento com a qualidade de produtos e atendimento”, comenta o diretor da empresa. A fábrica está instalada em terreno de 340 mil m² de área total, 65 mil m² de área coberta e 30 mil m² de área pavimentada.

Você pode acessar esta edição da Revista Anamaco na versão digital clicando aqui.

Comentario

comments

Posts Relacionados